Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Peyroteo no Panteão Nacional - uma justa homenagem

Para: Presidente da República, Presidente da Assembleia da República, Primeiro-Ministro da República Portuguesa

Exmos. Senhores,

Fernando Peyroteo foi por 6 vezes o melhor marcador do campeonato nacional, prova em que apontou 332 golos em 197 jogos, uma média fantástica de mais de 1,68 golos por jogo, média ainda hoje não superada por NENHUM JOGADOR DO MUNDO em jogos a contar para os campeonatos nacionais.

De entre os variadíssimos recordes de Peyroteo destacamos apenas seis deles que ainda hoje se mantêm:

1º - O jogador português que mais golos marcou na história do Campeonato Nacional: 332 golos.
2º - O jogador português que mais golos marcou num só jogo em campeonatos nacionais: 9 golos contra o Leça em 22 de Fevereiro de 1942, que o Sporting venceu por 14-0.
3º - O jogador português que mais golos consecutivos num só jogo para campeonatos nacionais: 5 golos ao Vitória de Guimarães em 8 de Fevereiro de 1942.
4º - O jogador com mais golos marcados ao S.L. Benfica: 64 golos em 55 jogos (média de 1,2 por jogo).
5º - O jogador com mais golos marcados ao F.C.Porto: 33 golos em 32 jogos (média de 1,02 por jogo)

Em termos de Títulos, internacionalizações e recordes pessoais:

Títulos: 10 (5 Campeonatos)
(1 Campeonato de Portugal) e
(4 Taças de Portugal)

Internacionalizações AA: 20 (15 golos)

Reconhecer o inequívoco mérito de Peyroteo: será:

a) será honrar a História do Desporto Português;
b) significa projectar o nome de Portugal no panorama desportivo internacional, dado que a sua média ainda hoje não foi superada por nenhum jogador do mundo em jogos a contar para os campeonatos nacionais;
c) e significa o fortalecimento dos relações bilaterais fraternas entre os povos-irmãos de Portugal e de Angola, dado que Fernando Peyroteo nasceu em Humpata, a 10 de Março de 1918.

[Humpata é uma vila e município da província da Huíla, em Angola. Tem cerca de 31 mil habitantes. É limitado a Norte pelo município do Lubango, a Este pelo município da Chibia, a Sul pelo município de Virei, e a Oeste pelo municípios de Bibala.]

Sublinhamos, para os menos atentos, que, na época de Peyroteo, não havia competições europeias de futebol de clubes e eram em reduzido número os jogos realizados pela Selecção Nacional de Portugal.

O maior reconhecimento, a título póstumo, que possa ser prestado é o de trasladar os seus restos mortais de Fernando Baptista de Seixas de Vasconcelos Peyroteo para o Panteão Nacional, o que desde já se requer a Vossas Excelências.

Mais se requer que no acto solene ora requerido sejam convidados o Chefe de Estado da República Popular de Angola e respectivo Presidente da Federação Angolana de Futebol.

Pede Deferimento

Pedro Sousa


Qual a sua opinião?

Peyroteo no Panteão Nacional - uma justa homenagem, para Presidente da República, Presidente da Assembleia da República, Primeiro-Ministro da República Portuguesa foi criada por: Peyroteo no Panteão Nacional - uma justa homenagem.
A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
206 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.