Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Petição solidariedade pro emprego

Para: Governo português

O senhor Primeiro-Ministro reagiu ao chumbo pelo Tribunal Constitucional de alguns pontos do Orçamento de Estado para 2013 dando a entender que a indisponibilidade para cortar um "subsídio de férias" a funcionários públicos implicaria despedimentos na função pública.
Independentemente de saber qual a dimensão óptima do serviço público em Portugal, consideramos que do ponto de vista social será melhor manter mais pessoas empregadas, ainda que com menos cerca de 10% de vencimento e mais 10% de tempo para si e para a família, do que a alternativa - com despedimentos - que deixaria 10% desempregados, com 100% de angústia e um subsídio durante 18 meses ou menos, e os 90% trabalhadores restantes com uma sobrecarga de trabalho e ainda menos tempo para viver.
Temos presente que, no passado, foi dado a escolher aos trabalhadores o regime de pagamento pretendido para o subsídio de férias reposto: de uma vez só ou em duodécimos. Peticionamos, pois, ao Governo que, sem prejuízo de outras, adopte uma medida permitindo que cada serviço do Estado possa voluntaria e democraticamente deliberar prescindir do subsídio de férias que o Tribunal Constitucional reclamou, ficando, em contrapartida, isento dos cortes extraordinários de pessoal que se anunciam.


Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
49 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.