Petição Pública Logotipo
Ver Petição Razões para assinar. O que dizem os signatários.
A opinião e razões dos signatários da Petição: NA DEFESA DO POSTO MÉDICO DA CUF, para Assembleia da República, Direção Geral do Património Cultural, Ordem dos Arquitetos, Presidentes da Assembleia Municipal e do Município do Barreiro, Presidentes das Juntas de Freguesia do Barreiro, Administração da Baía do Tejo, População e Órgãos de Comunicação Social

Nome Comentário
Valentina A. O Posto Médico da Cuf faz parte das minhas memórias de infância. É um edifício único que deveria ser preservado. Expor fotografias do espaço é muito pouco. O Barreiro fica mais pobre...
Francisco M. Conservar o património de uma comunidade é dever de todo o cidadão, ainda mais quando esse património faz parte do crescimento desta cidade e na fixação da população. A história prova-nos que a destruição de patrimónios literários ou de monumentos só serve para atrasar a evolução das civilizações.
Alice s. Patrimônio é a nossa memória.Preservem a mesma, para se contar aos nossos descendentes.
Mário A. Para que não seja mais um crime de lesa património
Maria C. A destruição de Património não é a solução. Especialmente tendo a possibilidade de adaptar o Património edificado a outras funções.
manuel C. Destruir é estúpido; o Barreiro não se pode dar ao luxo de perder este edifício. Não digo isso por ter familiares que aqui nasceram, trabalharam ou foram curados. Nâo é isso. O edifício tem potencial em si mesmo. Pode vir a ser um museu, um centro de conferências, um “pólo” científico ligado à saúde – uma referência a sul do Tejo, em articulação com Lisboa, com o Museu de Farmácia, etc... Pode servir para exposições temporárias, acolher artistas, ... No passado, por aqui passaram milhares de pessoas ligadas á CUF. Mas, se a autarquia for inteligente, o edifício pode passar a ser usufruído por barreirenses de todas as “origens”. Seria uma vitória da unidade sobre a fragmentação, que era o Barreiro de outrora. Pode dar força ao Barreiro do futuro, mantendo memórias de um passado único, ajudando o Barreiro a projectar-se de forma criativa e variada. Aproveitar é um desafio inteligente. Demolir é aplicar “pena de morte” a algo que tem muito para dar.
Elizabete . O posto médico da CUF e um idificio com história para quem nasceu viveu no espólio CUF como foi o meu caso, nascendo de pais trabalhadores da CUF,e como Barreirense sou mais uma pessoa a implorar que poupem o posto médico e façam dele um museu
Daniel S. É de lamentar que queiram destruir algo tão bonito como foi o nosso posto médico. Certamente se lhe podria dar imensas funcionalidades como por exemplo um museo da nossa desaparecida fábrica C.U.F e poderem retratar o Barreiro
José E. Mais um crime contra o património industrial do barreiro, Assim não vamos lá, há soluções, não é preciso destruir.
Dina S. é um direito e unidos a nossa voz se ouve melhor. Dina Cardoso
Carlos . Se ha hipoteses de preservar pra quê destruir
Cátia O. Em vez de terem um centro de saude num supermercado porque nao recuperar o edificio e aproveitá-lo com centro de saude. Exames complementares do hospital
Sara . Um edifício espectacular, onde foram realizadas as minhas consultas em miúda
Andrei l. Inadmissível este desperdício de património...
ISABEL V. N Ã O MANTER HISTÓRIA
Elia D. alguém tem noção da grandiosidade desta obra?
Ana F. Devemos preservar aquilo que temos.
Sílvia T. eu até posso entender o grau de degradação levar ao que se está a prever...mas e a prevenção?! e a conservação e utilização deste imóvel que pelo interesse arquitectónico que demonstra, foi deixado fechado, abandonado e chegou a estes pontos? há sempre algo a fazer...e há sempre como o poder fazer...! vamos a isso!
Ana A. Não destruam o nosso património. Já chega terem mandado abaixo o chalé e o antigo centro de saúde em frente ao parque.
Manuel L. Lamentável

Assinaram a petição
347 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.



Ler texto da Petição