Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Petição Pública para o Encerramento da Moagem Leiriense nas Cortes - Leiria

Para: Presidente da União de freguesias de Leiria, Pousos, Barreira e Cortes, Presidente da Câmara Municipal de Leiria, Assembleia Municipal do Concelho de Leiria, Assembleia da República de Portugal

As Cortes é uma das mais antigas e belas aldeias circundantes da cidade de Leiria, berço do rio Lis, que lhe dá uma frescura e lugares de lazer únicos, tendo inspirado gerações de poetas que ali viveram ou veranearam. Os seus legados e tradições históricas atraem forasteiros, fazendo das Cortes uma das aldeias mais visitadas de Leiria.

A beleza e o bem estar das Cortes foi abalada nos anos oitenta do século passado, quando nela foi instalada a fábrica Farlis, actualmente Moagem Leiriense, como extensão de uma moagem tradicional. O processo de construção da fábrica assumiu contornos pouco claros, tendo sido construída também à custa da expropriação de um terreno particular. O primeiro grande impacto foi o da alteração abrupta da paisagem rural, de uma entrada bucólica na aldeia para um edifício mastodôntico de betão e metal em contraste bárbaro e grotesco com a paisagem fluvial envolvente. Para além do impacto paisagístico, a população cortesense foi forçada a conviver com esta indústria, em nome do emprego e do desenvolvimento económico. Mas, rapidamente se apercebeu que o preço a pagar era demasiado caro, nomeadamente com danos evidentes para a saúde pública dos moradores, através da exposição à poluição sonora, do ar e da água, e danificação de habitações e edifícios do património arquitetónico circundante, património este que demoraria quase 40 anos a ser restaurado. A fábrica veio também destruir o sossego da vizinhança, com o frenesim quotidiano de camiões que circulam na zona histórica da aldeia. Nos últimos meses, a situação tem vindo a agravar-se, com a constante entrada e saída de um número cada vez maior de camiões progressivamente de maior porte para/de um estaleiro sem capacidade de estacionamento. Apesar das queixas consecutivas da população acerca do estacionamento abusivo, os administradores da empresa ignoram as solicitações de retirada dos camiões da via pública e de espaços públicos ainda em construção, como o alargamento do Largo Afonso Lopes Vieira.

Esta petição tem o propósito de solicitar o encerramento da fábrica ou a sua transferência para uma zona industrial. Nos dias de hoje, não é aceitável a existência de uma fábrica junto a um núcleo populacional, na zona mais nobre da aldeia, do seu centro histórico, cultural e recreativo, a dez passos do centro de saúde e à beira do rio. Nas Cortes, todos os dias é violado o direito fundamental à saúde e ao sossego, todos os dias são desrespeitadas normas nacionais e da União Europeia relacionadas com a consciência ambiental, todos os dias há desrespeito pelo espaço público. Os assinantes desta petição pública querem, desta forma, mostrar a sua indignação pelo abuso de poder e confiança e dizer basta à fábrica do seu desencanto.


ENGLISH VERSION

Public Petition for Factory Closure in Cortes, Leiria - Portugal

Cortes is one of the oldest and most beautiful villages surrounding Leiria (Portugal), the source of the Lis River which offers a fresh and invigorating ambient to those wanting to escape the fast of city life. Lis River has inspired generations of poets who lived or summered in Cortes. Its legacy and historical traditions attract many foreign visitors, making Cortes one of the most visited villages around Leiria.

The beauty and well being of Cortes were shaken in the 1980's, when a factory, now Moagem Leiriense, was installed as an extension of a traditional mill. The process of construction of the factory was cleverly subterfuged with many hidden twists and turns, one of them being at the expense of the expropriation of private land. The first major impact was the abrupt change of the countryside look, from a bucolic entrance into the village to a huge building of concrete and metal in barbaric and grotesque contrast to the surrounding river landscape. In addition to the landscape impact, the population was forced to live with this industry in the name of a noble cause: employment and economic development. But, the population quickly realized that the price they were being asked to pay was too expensive, particularly with regards to obvious damage to public health, through exposure to air, water, and noise pollution, and deterioration of houses and architectural heritage buildings in the surrounding area, which would take almost 40 years to restore. The factory also destroyed the peace of the neighborhood, with the daily frenzy of trucks that circulate in the historic part of the village. In recent months, the situation has been worsening, with the constant entry and exit of a growing number of progressively larger trucks to / from a yard without parking capacity. Despite consecutive complaints from the population about abusive parking, the company managers ignore requests for the removal of trucks from public roads and public spaces still under construction, such as Afonso Lopes Vieira Square.

This petition is intended to request the closure of the factory or its transfer to an industrial area. Nowadays, it is not acceptable for the existence of a factory in the centre of the noblest part of a village, in its historical, cultural and recreational center, near the health center and by the river. In Cortes, everyday there is a violation of the fundamental right to health and quietness, everyday there is violation of national and European Union standards related to environmental awareness, everyday there is disregard and disrespect for the public space. The subscribers of this public petition want to show their indignation at the abuse of power and trust and say "NO-MORE” to the factory, they want to voice their disenchantment and say "THIS ABUSE STOPS NOW".


Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
69 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.