Petição Pública Logotipo
Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é muito importante.

Petição Mandemos esta gente à merda

Para: A quem enfiar o barrete

“Ao Povo que numa afirmação formidável da sua energia e da sua abnegação, se sacrificou para que o nome de Portugal ressurgisse mais prestigiado e maior”.

Considerada a perda da Soberania Nacional manifestada num estado e num Estado de austeridade crescente, do qual se não vislumbra qualquer vontade política que o contrarie, os subscritores desta petição dirigem ao Governo de Portugal estas simples questões das quais retiram umas poucas consequências.
1) Porque é que o Governo de Portugal aceita pacificamente que existe uma “Dívida Soberana” quando pura e simplesmente, já não existe nenhuma Soberania que por ela seja responsável. O que existe é uma dívida externa contraída por criminosos com BI e passaporte português. A primeira coisa a fazer é mandar prender esta gente, depois levá-los a tribunal e condená-los a trabalhar pela primeira vez na vida.
2) Porque é que o Governo de Portugal não expõe os responsáveis por esta dívida externa, ou seja, os indivíduos e instituições que durante as últimas décadas usufruíram do poder que lhes foi conferido democraticamente, que enriqueceram por terem financiado os partidos políticos desta chamada democracia. A primeira coisa a fazer é mandar prender esta gente, depois levá-los a tribunal e condená-los a trabalhar pela primeira vez na vida.
3) Porque é que o Governo de Portugal persiste e insiste em perseguir cidadãos de bem, ameaçando-os, confrontando-os por carga de bons funcionários públicos da fiscalidade, enquanto ignora que os responsáveis pelo Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social perde 1,5 mil milhões de euros a jogar nas Bolsas com o dinheiro de portugueses que descontaram toda uma vida de trabalho para uma reforma com um mínimo de dignidade. A primeira coisa a fazer é mandar prender esta gente, depois levá-los a tribunal e condená-los a trabalhar pela primeira vez na vida.
4) Porque é que o Governo de Portugal persiste e insiste em distanciar-se do Clube de Bilderberg a quem está enfeudado e “Soberanamente” comprometido com “dívida” e tudo, para destruir a classe média e transformar-nos numa espécie rural de endividados “ad aeternum” , a favor dum sistema financeiro que põe as economias a render por especulação em vez de servir as economias com valores acrescentados. A primeira coisa a fazer é mandar prender esta gente, depois levá-los a tribunal e condená-los a trabalhar pela primeira vez na vida.
5) Porque é que o Dr. Francisco Pinto Balsemão tem influência sobre o Governo de Portugal, dado o cargo de patrão do Steering Committee do Grupo de Bilderberg, uma sociedade secreta de conspiradores e bandidos. A primeira coisa a fazer é mandar prender esta gente, depois levá-los a tribunal e condená-los a trabalhar pela primeira vez na vida.
6) Porque é que o Governo de Portugal ainda procura uma relação hipócrita com o líder do PS, António José Seguro, quando toda a gente sabe que o Partido Socialista só tem uma ambição que é tomar o poder de qualquer forma. A primeira coisa a fazer é mandar prender esta gente, depois levá-los a tribunal e condená-los a trabalhar pela primeira vez na vida.
7) Porque é que o Governo de Portugal, ciente dos malefícios que indivíduos como o José Sócrates, o Dias Loureiro, o Oliveira e Costa, o João Rendeiro,etc, mais a junta de acólitos que se serviram do nosso Povo, não os manda prender ? A Direcção-Geral dos Impostos (DGCI) deixou caducar uma alegada dívida de IRS superior a 740 mil euros ao contribuinte António Carrapatoso, presidente da Vodafone Portugal (2006).
Poderá ser uma forma não canónica de petição mas os subscritores, na qualidade única e irrefutável de portugueses, terminam duma forma canónica retirando o necessário e suficiente do tema acima :

1) Recolha imediata do Prof. Cavaco Silva a uma instituição de caridade onde possa ser visitado num horário próprio pela sua família.
2) O Povo português estará disposto a aceitar um pedido de desculpas formal por parte do Prof. Cavaco Silva dada a sua provecta idade, parca reforma, fugaz inteligência, pequenez de espírito e tendência para relações mafiosas.
3) O Povo português estará disposto a aceitar um pedido de desculpas formal por parte do Prof. Cavaco Silva em relação ao chorrilho de mentiras que proferiu a propósito dos ganhos que obteve com as ações da SLN e da proteção que deu (e dá) aos mais famigerados bandidos da nossa praça que abraçou como governantes e Conselheiros de Estado.
4) O Povo português nunca estará disposto a aceitar um pedido de desculpas formal por parte do Prof. Cavaco Silva por ter destruído o mais essencial da nossa economia enquanto encaixava milhões por dia e os dava a ganhar à volta.

Considerada toda esta confusão de que são os protagonistas e os eleitos o PS, o PSD, o Prof. Cavaco Silva, uns reles tubarões ao serviço de interesses estrangeiros e uns tantos locais autarcas, coitados, esta petição resume as intenções da seguinte forma :

Os subscritores desta petição outra intenção não têm de que, na qualidade de portugueses, mandar veementemente à burdamerda os deputados que pretensamente os representam, os ministros que pretensamente gerem orçamentos para o bem-estar social, o Primeiro Ministro e o Cavaco Silva por ser o maior aldrabão e o maior covarde na história deste nosso Portugal.
Vão todos para a Burdamerda.


Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Publica que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
18 Pessoas

O seu apoio é muito importante. Apoie esta causa. Assine a Petição.